Cuiabá, 10 de Dezembro de 2018

INTERNADO NA CAPITAL

Terça-feira, 09 de Janeiro de 2018, 09h:28 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Criança que teve 90% do corpo queimado não deve ficar com sequelas

Wellyngton Souza

(Foto: SICOM/Prefeitura)

PSM 3.jpg

 

A mãe da criança de apenas um ano, que teve 90% do corpo queimado, no último domingo (7), em Juara (a 690 km de Cuiabá), afirmou que o filho não corre risco de vida e nem deve ficar com sequelas.

 

 

Conforme Tatiana Amaral, os médicos disseram que o menino não irá precisar de incubadora e que não teve nenhuma complicação mais grave. "Por ele ser um bebe talvez não vá ficar manchas, nem cicatrizes. Mas se ficar, contanto que esteja bem, para mim é o que importa", informou.

 

 

O caso

 

 

No último final de semana, a vítima e a bisavó, Maria Aparecida, sofreram queimaduras após uma churrasqueira virar com óleo quente nas vítimas. A mulher teve pelo menos 50% do corpo atingido e segue internada no Hospital e Maternidade São Lucas, em Juara.

 

 

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a churrasqueira aquecida com álcool, utilizava óleo para o preparo da carne, quando a criança se aproximou do equipamento.

 

 

A bisavô, dona Maria Aparecida, ao tentar impedir o desastre, segurando a criança que já estava próxima do equipamento, encostou no aparelho que virou, derramando óleo quente sobre a criança e sobre o próprio corpo.

 

 

Ambos foram levados ao hospital da cidade e, mais tarde, o menino foi trazido para a capital internado em estado grave no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ). O menino passou por uma cirurgia de baixa complexidade e seu estado é estável.

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Nov 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br