Cuiabá, 20 de Novembro de 2017

NA CAPITAL

Quarta-feira, 13 de Setembro de 2017, 09h:36 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Segurança aponta arma para expulsar cliente exaltada em banco

Wellyngton Souza / Única News

(Foto: Divulgação)

seguranca .jpg

 

Uma cliente do Banco do Brasil, do bairro CPA I, em Cuiabá, foi retirada da agência sob a mira de uma arma do próprio segurança do local.

 

O vídeo que circula nas redes sociais nesta terça (12), mostra o exato momento de quando tudo começou. Pelas imagens, a mulher - que não teve o nome revelado - invadiu a área que pertence os funcionários e começa a mexer em uma gaveta.

 

Um dos funcionários tenta interferir a mulher. O segurança aparece logo em seguida puxando-a pelo braço. Bastante exaltada, ela começa a reclamar do atendimento e derruba uma gaveta supostamente cheia de cartões.

 

O segurança da agência empurra a mulher em direção a porta giratória para que ela deixe a unidade bancária. Em determinado momento, ele saca uma arma e manda a mulher ir embora. "Vamos. Sai logo. Se afasta. Eu estou mandando você sair. Afasta. Agora", grita com a mulher apontando a arma.

 

Uma outra cliente que aguardava o atendimento se identifica como policial civil e tenta convencer a mulher de sair e neste momento se inicia uma discussão entre ela e o segurança. "Não atira. Abaixa essa arma. Não precisa desse tipo de coisa. Sou policial civil, abaixa essa arma é uma ordem. Eu não sou obrigada numa situação dessa te prender".

 

A mulher que começou a confusão acabou saindo do local e a Polícia Militar foi acionada. 

 

Outros casos 

 

Em agosto, depois de ser barrado pela quinta vez consecutiva ao tentar passar pela porta giratória, um cliente também do Banco do Brasil, na Avenida Comandante Costa, em Cuiabá, como ato de protesto ficou apenas de cueca. A foto logo viralizou pelas redes sociais e pelo WhatsApp.

 

Ainda nesta mesma agência, dois gerentes foram parar na delegacia após discussão com um cliente. J.S.O, de 51 anos, tentou passar pela porta giratória do banco, mas o detector de metais não liberava o acesso à agência. 

 

Um dos gerentes então chamou o rapaz de 'mulato' por não conseguir entrar no local. Um segundo gerente chegou até a vítima e teria dito que o banco não precisa de clientes como ele. O caso foi parar na delegacia. 

 

Em uma outra situação inusitada, deste vez na Avenida do CPA, uma mulher precisou tirar a blusa e ficar seminua para poder passar a porta giratória. Jesuína Moreira Neves, de 56 anos, foi barrada pelo detector de metais. Ao ser questionada pelo segurança do local se havia mais algum material de metal, ela tirou a blusa e ficou apenas de sutiã. 

 

Veja vídeo abaixo:  

 

 

 

 

 

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Outubro 2017 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade



Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br