Cuiabá, 24 de Junho de 2018

DE OLHO NO FUTURO

Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017, 11h:19 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

363 alunos participam do "Bom de Bola, Bom de Escola, criado pela prefeitura na Capital

Por Lara Belizário/ Única News

(Foto: Prefeitura)

Bom de Bola, bom de escola

 

 

Durante entrevista a uma rádio na Capital, na manhã desta quinta-feira (21), a secretária-adjunta de Educação do município, Edilene Machado, afirmou que os alunos, participantes do projeto piloto 'Bom de Bola, Bom de Escola', estão sob a supervisão de cinco secretarias.

 

De acordo com a secretária-adjunta, os alunos além de serem estimulados para a prática do esporte, também devem receber apoio e supervisão na escola, na saúde e na nutrição.

 

O projeto piloto foi lançado no último sábado (16) e deve ser estendido, em breve, para mais 23 postos no município. Atualmente, esse posto conta com 363 alunos inscritos, sendo 278 meninos, 84 meninas e três alunos de inclusão. Todos matriculados na rede de ensino municipal ou estadual.

 

"O projeto iniciou-se no Ginásio Dom Aquino. O lançamento foi no sábado e as aulas serão sempre de terça a sexta. Na terça e na quinta, as crianças terão futebol de salão, atletismo e tênis de mesa. Na quarta e na sexta, será o futebol em si", afirmou Edilene Machado.

 

O programa da prefeitura  de Cuiabá é uma parceria entre as secretarias de Obras Públicas, Educação, Ordem Pública, Saúde, Assistência Social, Esporte, Cultura e Turismo e Secretaria de Serviços Urbanos. Cada pasta prestará a devida assistência aos atletas dentro de suas especificidades.

 

Os estudantes poderão contar com uma equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, pedagogos, professores de educação física, psicólogos, assistentes sociais, entre outros.

 

Conforme a secretária-adjunta, na próxima semana todos os alunos passarão por exames médicos, para terem um atestado autorizando  ou não a prática de esportes.

 

Outro aspecto levado em consideração para o projeto foram os lanches dos alunos. Segundo Edilene Machado, a equipe de nutrição, responsável pelas merendas escolares, confeccionou um cardápio especial para o projeto.

 

"A mesma coordenadoria de nutrição, acompanha o 'bom de bola' com um cardápio especial. As técnicas fazem os alimentos e nós atendemos essas crianças. Pela manhã, o horário é das 8h ás 10h, à tarde das 15h as 17h. Nos dois momentos as crianças recebem um lanche, acompanhado sempre de uma fruta. O cardápio acompanha a atividade física", afirmou.

 

Questionada sobre nota de corte para manter o aluno no projeto, a secretária-adjunta garantiu que não haverá afastamento do alunos com dificuldades. No entanto, explicou que o projeto vai acompanhar e dar suporte para os alunos que apresentem alguma dificuldade.

 

"Não podemos excluir a criança que tem a habilidade no esporte por ter dificuldades na escola. O esporte será um incentivo para que ela melhore. A a criança que participar, o pai assina um termo de compromisso e a Secretaria de Educação monitora essa criança. As atividades dela serão avaliadas junto com o projeto. Caso essa criança não tenha um bom desempenho na vida acadêmica, vamos chamar os pais constantemente", esclareceu. (Com informações da Rádio Capital FM 101.9)

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Maio 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade



Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br