Cuiabá, 25 de Setembro de 2018

ELEIÇÕES 2018

Quarta-feira, 03 de Janeiro de 2018, 18h:25 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Galli declara apoio à reeleição de Taques e tenta vender Bolsonaro como a grande saída para o Brasil

Lara Belizário

Galli, Taques e Bolsonaro

 



Em entrevista ao Jornal do Meio Dia, nesta quarta-feira (03), o deputado federal e líder da bancada de Mato Grosso, Victório Galli (PSC), afirmou que a sigla deve apoiar o governador Pedro Taques (PSDB), à reeleição.

 

No entanto, adiantou, que a ordem nas peças, no o tabuleiro eleitoral, será mesmo resolvido após a Páscoa, quando o gestor estadual prometeu conversar sobre o assunto. "Nós estamos juntos com Taques, agora é efetivamente consolidar este apoio", afirmou.

 

Questionado sobre o pré-candidato à presidência, Jair Bolsonaro (Patriota), que a sigla vai apoiar nas eleições, o parlamentar assegurou que os eleitores devem compreender que o país precisa de um candidato de punho forte como Jair Bolsonaro (Patriota).

 

"Espero que na medida que as eleições se aproximem, as intenções do Bolsonaro fiquem mais claras e o Brasil, claro, possa entender o porquê da necessidade de mudança e de uma gestão de direita, o mais rápido possível", afirmou.

 

Para Galli, esse início de pré-candidatura e a falta de compreensão, quanto as intenções e ideias de Bolsanoro são apenas uma fase. Uma vez que este momento, segundo ele, vai passar com os meses, afinal a articulação e a campanha devem ajudar a cristalizar o trabalho do candidato.

 

"Tudo que está acontecendo é porque as pessoas estão acostumadas com essa política arcaica e Bolsonaro vem com essa ideia nova. Ele é um conservador, nós estamos nessa mesma linha, e esperamos que isso posso se efetivar cada vez mais", declarou.

 

 

Homossexualidade

 

Durante entrevista a uma rádio na capital, o parlamentar voltou a fazer duras críticas contra homoafetivos na manhã desta quarta (3), alegando ser ‘falta de vergonha na cara’. E, ainda, acusou o personagem da Disney, Mickey Mouse, de fazer apologia a homossexuais.

 

“Agora as novelas viraram 'um cacareco danado'. É gay para um canto, é gay saindo do armário, é gente pulando, está uma bagunça. E na realidade o que estão fazendo é aumentando o exército para destruir famílias. E o meu compromisso vai continuar na luta contra isso”, declarou. (Com informações do Jornal do Meio Dia)

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

Edição Atual

Ed. Agosto 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade


Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br