Cuiabá, 26 de Abril de 2018

SOB ANÁLISE

Quinta-feira, 11 de Janeiro de 2018, 13h:45 - IMPRIMIR | comentar (01)
A | A

compartilhar

Pivetta descarta, inicialmente, dobradinha com Mendes, mas diz que atuará nas eleições

Marisa Batalha

(Foto: Reprodução/Web)

Pivetta 1.jpg

 

O megaempresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde (360 km de Cuiabá), Otaviano Pivetta (sem partido), descartou - a princípio -, a possibilidade de ser candidato nas eleições deste ano. A afirmação foi dada em resposta as conjecturas políticas que já circulam nos veículos de comunicação do Estado, particularmente, em Cuiabá, dando conta de que o ex-gestor sairia em uma dobradinha com o socialista Mauro Mendes, ex-prefeito de Cuiabá.

 

Repetindo a cabeça de chapa já ocorrida em 2010, quando Mendes e Pivetta fizeram oposição nas urnas ao ex-governador Silval Barbosa e seu vice, Chico Daltro (PSD) e, ao final, saíram derrotados das urnas. Na época, os dois empresários chegaram a ser apontados como os candidatos a governador e vice-governador mais ricos do país, segundo o Site Congresso em Foco. Na ocasião, Mendes - na disputa pela majoritária, foi a cabeça de chapa.

 

Entretanto, mesmo arredio sobre um retorno ao cenário político, sob a justificativa de que já teria dado a sua contribuição política ao Estado, como deputado e prefeito por Lucas, Otaviano revela, entretanto, que estará participando do pleito, na condição de apoiador. Mas que ainda estuda esta participação e como ela se dará.

 

"Minha missão na política já realizei. Mas não deverei me furtar de ajudar parceiros nesta empreitada eleitoral. Quanto a lembrança do meu nome, isto prá mim é um sinal extremamente positivo, pois esta especulação, muito possivelmente, é o resultado dos trabalhos que já realizei como homem público. Assim, um reconhecimento ao que foi realizado na minha gestão, por três vezes, por exemplo, como prefeito, de Lucas, nos projetos realizados na Assembleia, quando ocupei uma cadeira no Legislativo estadual e ainda como secretário de Estado de Agricultura no primeiro mandato do ex-governador Blairo Maggi", disse.

 

Nas últimas semanas, os sites publicaram exaustivamente matérias sobre a possibilidade desta dobradinha, com ênfase na candidatura de Mauro Mendes, considerado pelas últimas pesquisas eleitorais, como o nome mais forte para disputar o comando do Palácio Paiaguás.

 

Chegou-se a ventilar que o próprio Maggi teria convidado Mendes, para disputar as eleições neste ano como o próximo chefe do Estado, pelo Partido Progressista. Intenção confirmada esta semana, em entrevista à imprensa, pelo deputado federal e presidente do PP, em Mato Grosso, Ezequiel Fonseca e, desmentido, nesta última quarta-feira (10) pelo ministro da Agricultura. 

 

Para Maggi, amigo pessoal do ex-prefeito de Cuiabá, Mauro é, inequivocamente, um bom nome para disputar em qualquer posição que ele queira nestas eleições, pois saiu com um nível alto de confiabilidade junto a população cuiabana. E que o convite ao amigo foi - e articulado há bem tempo - que o partido estaria aberto para ele[Mauro] se filiar. 

 

Já Mauro Mendes - que ainda analisa com sua base de apoio qual das siglas, DEM ou PP, daria mais musculatura às candidaturas do grupo político -, têm dito a jornalistas de Cuiabá, que estaria, por enquanto, se dedicando à sua vida empresarial. E que o fato de não se posicionar politicamente quanto às disputas eleitorais deste ano, não seria uma 'jogada de marketing', mas porque sua decisão deverá antes passar por um debate entre família. 'Minha família é que vai decidir sobre se devo ou não voltar a disputar um cargo político'. 

 

Atualmente, já existem algumas pré-candidaturas postas na disputa pelo governo do Estado, como a de Antônio Joaquim, conselheiro afastado do Tribunal de Contas, pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal. Que revelou esta semana que caso não saia sua aposentadoria no TCE, impossibilitando-o assim de disputar quaisquer cargos políticos, a tendência é que dê seu apoio ao senador republicano, Wellington Fagundes, outro candidato que está na cena eleitoral já há algum tempo. 

Fb

Compartilhe esta notícia com os seus amigos

0 Comentário(s).

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

COMENTAR ESTA MATÉRIA
FECHAR

MATÉRIAS RELACIONADAS


Edição Atual

Ed. Fev 2018 Revista Única

ASSINAR LER A REVISTA MAIS



vídeo publicidade



Av. Historiador Rubens de Mendonça, 1731 - Cuiabá MT

arte@unicanews.com.br